Image Image Image Image

Cobo de Leche

Kobus leche
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image

Este elegante mamífero herbívoro é um ótimo nadador preferindo, por esta razão, as zonas húmidas e pantanosas do centro-sul de áfrica. O Cobo de Leche possui cascos perfeitamente adaptados aos terrenos lodosos das margens dos rios da Zâmbia, Angola e Botswana, onde podem ser avistados!

Os Cobos de leche são antílopes medianos. A cor de um cobo de leche é de avelã com a parte ventral branca assim como a garganta e marcas faciais. Os machos escurecem ao longo dos tempos. Estes cobos têm manchas pretas verticais nas patas e a ponta da cauda também é preta.
Os cornos, apresentados pelos machos, variam entre 45 e 92 cm de comprimento e relativamente finos. Os cascos estão adaptados a terrenos pantanosos. Apesar de os cobos leche não possuírem glândulas sebáceas, a pelagem é bastante gordurosa e apresenta um odor característico.

O macho e a fêmea desta espécie permanecem separados a maior parte do ano. Grande parte dos machos é muito territorial. As fêmeas e as suas crias dependem de água e são encontradas, frequentemente, junto a áreas de água, enquanto que os machos não precisam de tanta água e são encontrados a distâncias grandes das fontes de água.
Nas manadas, compostas por várias centenas de indivíduos, assiste-se a um macho a liderar, e são vistas várias fêmeas juntas com as suas crias, onde não há dominância entre as fêmeas.
Os cobos são ativos durante algumas horas antes do amanhecer e mais tarde, ao anoitecer.

Os cobos alimentam-se essencialmente de ervas rasteiras, raízes e rebentos. Na época das chuvas, estes cobos ingerem grandes quantidades de água, pois, durante a estação seca, não encontram grandes zonas de água.
Estes animais são bons nadadores, aproveitando, por vezes, para se alimentar na água.

Os cobos reproduzem-se durante 2,5 meses durante as chuvas, que acontece geralmente entre Novembro e Fevereiro. As fêmeas estão prontas a reproduzir com um ano e meio de idade, enquanto os machos só atingem a maturidade sexual aos 5 anos de idade. O período de gestação é de 7 a 8 meses. Quando as mães dão à luz, permanecem sozinhas ou em grupos pequenos. As mães escondem os seus filhotes nas primeiras três semanas em áreas secas. As crias são amamentadas até aos 6 meses de idade.

Os Cobos de leche são antílopes medianos. A cor de um cobo de leche é de avelã com a parte ventral branca assim como a garganta e marcas faciais. Os machos escurecem ao longo dos tempos. Estes cobos têm manchas pretas verticais nas patas e a ponta da cauda também é preta.
Os cornos, apresentados pelos machos, variam entre 45 e 92 cm de comprimento e relativamente finos. Os cascos estão adaptados a terrenos pantanosos. Apesar de os cobos leche não possuírem glândulas sebáceas, a pelagem é bastante gordurosa e apresenta um odor característico.

O macho e a fêmea desta espécie permanecem separados a maior parte do ano. Grande parte dos machos é muito territorial. As fêmeas e as suas crias dependem de água e são encontradas, frequentemente, junto a áreas de água, enquanto que os machos não precisam de tanta água e são encontrados a distâncias grandes das fontes de água.
Nas manadas, compostas por várias centenas de indivíduos, assiste-se a um macho a liderar, e são vistas várias fêmeas juntas com as suas crias, onde não há dominância entre as fêmeas.
Os cobos são ativos durante algumas horas antes do amanhecer e mais tarde, ao anoitecer.

Os cobos alimentam-se essencialmente de ervas rasteiras, raízes e rebentos. Na época das chuvas, estes cobos ingerem grandes quantidades de água, pois, durante a estação seca, não encontram grandes zonas de água.
Estes animais são bons nadadores, aproveitando, por vezes, para se alimentar na água.

Os cobos reproduzem-se durante 2,5 meses durante as chuvas, que acontece geralmente entre Novembro e Fevereiro. As fêmeas estão prontas a reproduzir com um ano e meio de idade, enquanto os machos só atingem a maturidade sexual aos 5 anos de idade. O período de gestação é de 7 a 8 meses. Quando as mães dão à luz, permanecem sozinhas ou em grupos pequenos. As mães escondem os seus filhotes nas primeiras três semanas em áreas secas. As crias são amamentadas até aos 6 meses de idade.

Outros Mamíferos


Outros animais