Lama glama

Lama

O Lama é utilizado, ao longo dos séculos, como animal de carga pelos nativos de países Sul-americanos como o Peru, Bolívia e Argentina. Este simpático herbívoro, parente dos camelos, tem a capacidade de passar longos períodos de tempo sem ingestão de água, conseguindo a hidratação necessária através dos alimentos!

Image Image Image Image Image
01

Morfologia

Os lamas, como os restantes camelídeos, apresentam o pescoço e os membros longos, o focinho redondo, incisivos inferiores pronunciados e uma fenda no lábio superior. Os camelídeos da América do Sul, ao contrário dos camelídeos do velho mundo, não apresentam bossas no dorso. A sua coloração varia desde o branco ou amarelo ao castanho-escuro ou preto e pode ser uniforme ou apresentar manchas de cor cinzenta, bege, castanha ou vermelha.


02

Comportamento

Os lamas pertencem à família dos camelídeos, sendo descendentes domesticados da espécie Lama guanicoe. Possuem um sistema de regulação da temperatura corporal muito eficaz, apresentando grande resistência à seca, sendo, por isso, frequentemente observados ao sol em dias muito quentes.
Os lamas vivem em grupos que podem ir até 20 indivíduos. Normalmente defecam sempre nos mesmos locais, designados por “latrinas”, possivelmente como forma de marcação territorial. São, de facto, animais muito territoriais e, apesar de mantidos em cativeiro, os indivíduos continuam a defender as áreas onde se encontram (quer seja dentro ou fora de uma cerca). Apresentam uma particularidade, quando são ameaçados cospem um muco esbranquiçado, presumindo-se que será com a intenção de atingirem os olhos dos predadores e conseguirem fugir.
São animais gregários, diurnos, altamente sociáveis e curiosos. Apresentam constituição muito forte, podendo percorrer longas distâncias a altitudes elevadas.
Assim como os restantes camelídeos, os lamas emitem vocalizações muito distintas na presença de predadores, como canídeos, com o objetivo de avisar os restantes membros do grupo, da existência de perigo.


03

Alimentação

Os lamas são animais herbívoros. Alimentam-se de folhas, raízes, tubérculos, sementes, seiva e outros fluidos da planta, ervas e arbustos rasteiros, líquenes e fungos (cogumelos). Tendem a viver em climas muito secos e obtêm a água de que necessitam dos alimentos que consomem.

Outros Mamíferos


Outros animais