Image Image Image Image

Tigre de Sibérie

Pantera tigris altaica
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image

Originário da Sibéria Oriental, é o maior felino do mundo! Este possante caçador, solitário e noturno, alimenta-se, percorre muitos quilómetros em busca de alimento. Não existem tigres iguais! As listas dos tigres funcionam como as impressões digitais humanas, sendo sempre diferentes de tigre para tigre!

Os Tigres Siberianos ou Tigres de Amur são a subespécie maior de todos os tigres, e o maior felino do mundo.
O tom de pele laranja característico dos Tigres é um pouco mais claro nesta subespécie do que nas outra subespécies, devido ao clima frio e apresentam uma pequenina juba em torno do pescoço e um tufo de pelos nas suas patas para os proteger do frio, assemelhando-se a sapatos de neve.
Apresenta riscas castanho-escuro e o seu pescoço e a barriga são brancos.
Na ordem dos carnívoros, o único animal que o ultrapassa em tamanho é o urso.

O Tigre Siberiano é um caçador solitário e noturno, que pode percorrer distâncias de 10 a 20 km numa só noite.
Corre em uma velocidade de até 80 km/h e pode saltar a uma altura de 5 a 6 metros.

O seu sentido mais aguçado é a audição. A vista é tão fraca que não distingue para além de cem passos; o olfato é praticamente inexistente. Caça à noite ou ao amanhecer, o resto do tempo é para dormir.
Graças à camuflagem proporcionada pela coloração e pelo desenho da sua pelagem, que confunde a linha do contorno do seu corpo contra a vegetação, o tigre pode aproximar-se da sua presa sem ser percebido. Quando está a 20 m de distância, o tigre baixa-se e, depois de se arrastar pelo solo, salta para a frente, tratando de morder o pescoço da sua vítima enquanto a imobiliza pelos ombros ou pelas costas. Somente 5% dos ataques dos tigres têm êxito.

Vive em estepes geladas, florestas húmidas e bosques.
Devido à vasta distribuição geográfica, a alimentação do tigre é muito variada. Em geral, alimenta-se de cervos e suídeos, mas, na Sibéria, quando estes faltam, alimenta-se até de ursos.
Em cativeiro, tem uma dieta cuidada e variada que inclui vaca, cavalo, cordeiro e aves.

A época de acasalamento ocorre durante todo o ano.
A maturidade sexual é atingida pelos 4 anos, mas pode variar consoante o género e, em cativeiro, é comum atingir um pouco mais cedo. Quando uma fêmea se encontra disponível para o acasalamento, ela anuncia-o, deixando marcas de arranhões e de urina ao longo do habitat, chamando, assim, o macho. A gestação dura entre 3 a 3,5 meses e nascem entre 1 e 6 crias, sendo o mais comum 2 a 4.
Apenas a fêmea cuida dos filhotes depois que eles nascem, e amamenta-os até aos 6 meses de idade.

Os Tigres Siberianos ou Tigres de Amur são a subespécie maior de todos os tigres, e o maior felino do mundo.
O tom de pele laranja característico dos Tigres é um pouco mais claro nesta subespécie do que nas outra subespécies, devido ao clima frio e apresentam uma pequenina juba em torno do pescoço e um tufo de pelos nas suas patas para os proteger do frio, assemelhando-se a sapatos de neve.
Apresenta riscas castanho-escuro e o seu pescoço e a barriga são brancos.
Na ordem dos carnívoros, o único animal que o ultrapassa em tamanho é o urso.

O Tigre Siberiano é um caçador solitário e noturno, que pode percorrer distâncias de 10 a 20 km numa só noite.
Corre em uma velocidade de até 80 km/h e pode saltar a uma altura de 5 a 6 metros.

O seu sentido mais aguçado é a audição. A vista é tão fraca que não distingue para além de cem passos; o olfato é praticamente inexistente. Caça à noite ou ao amanhecer, o resto do tempo é para dormir.
Graças à camuflagem proporcionada pela coloração e pelo desenho da sua pelagem, que confunde a linha do contorno do seu corpo contra a vegetação, o tigre pode aproximar-se da sua presa sem ser percebido. Quando está a 20 m de distância, o tigre baixa-se e, depois de se arrastar pelo solo, salta para a frente, tratando de morder o pescoço da sua vítima enquanto a imobiliza pelos ombros ou pelas costas. Somente 5% dos ataques dos tigres têm êxito.

Vive em estepes geladas, florestas húmidas e bosques.
Devido à vasta distribuição geográfica, a alimentação do tigre é muito variada. Em geral, alimenta-se de cervos e suídeos, mas, na Sibéria, quando estes faltam, alimenta-se até de ursos.
Em cativeiro, tem uma dieta cuidada e variada que inclui vaca, cavalo, cordeiro e aves.

A época de acasalamento ocorre durante todo o ano.
A maturidade sexual é atingida pelos 4 anos, mas pode variar consoante o género e, em cativeiro, é comum atingir um pouco mais cedo. Quando uma fêmea se encontra disponível para o acasalamento, ela anuncia-o, deixando marcas de arranhões e de urina ao longo do habitat, chamando, assim, o macho. A gestação dura entre 3 a 3,5 meses e nascem entre 1 e 6 crias, sendo o mais comum 2 a 4.
Apenas a fêmea cuida dos filhotes depois que eles nascem, e amamenta-os até aos 6 meses de idade.

Tigre de Sibérie é apadrinhado por:

Outros Mamíferos


Outros animais